Sobre nós

Pertenço a quem? Sou de quem? De mim mesmo? Vejo fatores, credenciais alheias, analiso às vezes os fatos que correm por mim, através de mim ou por mim… eu imaginei que era esperto ou um bom filósofo nato. Engano-me, é preciso muito mais do que simples aforismo ou frases que encerram as palavras proferidas por sábios pensadores. É necessário viver, reviver, ressignificar.

A palavra de ordem para mim agora é essa: ressiginificar. Chega um momento da vida que precisamos criar novos cenários e novos atores de  um peça que ensaiamos e apresentamos constantemente, que é o caminho da nossa existência. 

Seguindo Sócrates, fico feliz e me orgulho de saber que não sei nada, que sou novo, que sou ingênuo e que tenho muito que aprender ainda diante da imensidão da vida… Tenho tanto a aprender. E tudo só está começando, porque tudo começa sempre, a cada manhã…